Últimas Notícias do Mundo Acadêmico:

MEC autoriza conselhos a opinar sobre cursos de direito e medicina

5/2/2007 

da Folha Online

Foi publicada nesta segunda-feira, no "Diário Oficial" da União, a portaria do MEC (Ministério da Educação) que vincula a criação de novos cursos de graduação em direito e medicina à obtenção de pareceres favoráveis do Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e do Conselho Nacional de Saúde, respectivamente.

Conforme a portaria, se a OAB ou o Conselho desaprovarem a criação de um novo curso, o processo será analisado pela CTAA (Comissão Técnica de Acompanhamento e Avaliação) do MEC; e o curso não poderá funcionar enquanto a autorização estiver sob avaliação. A CTAA é formada por 23 doutores, sendo cinco do próprio MEC.

Na cerimônia de apresentação das novas regras, o ministro da Educação, Fernando Haddad, propôs que a OAB colabore também na avaliação de pedidos de renovação de licenças para cursos existentes, principalmente com dados sobre a aprovação dos alunos do curso em questão no Exame de Ordem.

Na sexta-feira (2), a Câmara dos Deputados arquivou um projeto de lei que pretendia impedir que cursos de direito com baixo índice de aprovação no Exame contratassem professores.

Voltar


 
replica watches ukrolex replica salefake watchesrolex replica ukfake rolex salereplica watches
Pagina ptrotegida contra cópia por Copyscape