Discursos de Formatura

 

 

 

Estes são discursos de formatura proferidos por diversas pessoas em diversas ocasiões.
Aproveite as idéias e crie um discurso que se encaixe no contexto de sua formatura!

Prof. Gilberto Takashi Suzuki



 

 

Discurso de Formatura Cesfe– Janeiro de 2004

Magnífico reitor da Universidade da Amazônia, Doutor Edson Raymundo Pinheiro de Souza Franco, em nome de quem eu saúdo todos os ilustres membros da mesa. Senhoras e Senhores, caríssimos formandos:

Este é um momento muito especial. Inesquecível. Não podemos sentir o que você está sentindo neste momento, porém podemos imaginar o que esta formatura representa para você. Para muitos a realização de um sonho, para outros a conquista de uma vitória cheia de obstáculos. Neste momento você está proporcionando muita alegria, orgulho e emoção para os seus pais, maridos, esposas, filhos e filhas e amigos presentes. Eu me sinto honrado em ter sido escolhido pelo voto em segundo turno (por uma diferença de um voto da turma 4 gen1) e pelo sorteio, para ser o paraninfo das turmas de Formação Específica (citar) Pesa sobre mim a responsabilidade de transmitir uma mensagem que traduza o sentimento de todos os paraninfos e professores aqui representados.

As palavras como as folhas, são levadas pelo vento e em breve ninguém se lembrará do discurso que estamos pronunciando, por esta razão, deixaremos uma cópia deste discurso no site do nead: www.nead.unama.br.


Gostaria de dividir esta reflexão em dois momentos:

O primeiro momento, olhar para o passado e agradecer. O segundo momento, olhar para frente, para o futuro e visualizar novos objetivos.


O primeiro momento, para agradecer, em primeiro lugar a Deus, pela vida, pela saúde, pela conquista de uma vitória. Agradecer pelos pais que proporcionaram a base da educação, afinal a casa foi a primeira escola, e sua mãe a primeira professora. Agradecer o apoio da esposa, do marido, dos filhos que foram os grandes incentivadores para que você chegasse até aqui. Agradecer pelos amigos, que muitas vezes sem perceberem deram forças, o inspiraram a continuar a perseverar em caminhos algumas vezes íngremes, difíceis. Os amigos são verdadeiros tesouros. Agradecer aos professores pelos conhecimentos passados e também por suas atitudes em sala de aula, proporcionando lições de vida.


O segundo momento desta reflexão, olhar para frente. Espero que você não vislumbre um futuro com pessimismo, desânimo ou fracasso. A vida sempre foi composta de dificuldades, quem disse que seria fácil você ter se formado?

Entretanto o mundo abre as portas para quem sabe onde quer ir.

A mensagem que deixo para você é que sejas ambicioso, não ganancioso, pois a ganância é egoísta, porém, ser ambicioso é algo positivo, significa ter altos ideais,

“Aspirai as alturas e não medis esforços para alcança-la” disse certa vez, White, uma escritora americana.

Muitas pessoas de talento não conseguem atingir nada nesta vida, porque não possuem um objetivo definido pelo qual lutar.

Ter um sonho faz toda a diferença!

Tenha um sonho, acredite no seu potencial, transforme o seu sonho em realidade, lute, persista, não desanime. Se cair, levante. Seja completamente apaixonado pelo que você faz. Não se contente com realizações mesquinhas. Olhe para frente e para o alto como as águias, não olhe para baixo como as galinhas.

A escola da vida, é a escola da experiência como mencionou Samuel Smiles em sua obra o Caráter. A gentileza, paciência, bondade são importantes, porém, há também a necessidade de coragem, força, energia e perseverança também. Muitos que se formam saem da faculdade desanimam-se facilmente, falta-lhes a iniciativa, não tem esses positivos traços de caráter que dão aos homens o poder de fazer alguma coisa, o espírito de energia que acendem o entusiasmo. Se você deseja que o êxito acompanhe seus esforços, precisa ser animoso e esperançoso. O sucesso não depende tanto do talento, como de energia e boa vontade.

Para ilustrar este discurso, permita-me contar uma fábula:


Os Três Leões


Numa determinada floresta haviam três leões. Um dia o macaco, representante eleito dos animais súditos, fez uma reunião com toda a bicharada da floresta e disse:

- Nós, os animais sabemos que o leão é o rei dos animais, mas há uma dúvida no ar: existem três leões fortes. Ora, qual deles nós devemos prestar homenagem? Quem, dentre eles, deverá ser o nosso rei?

Os três leões souberam da reunião e comentaram entre si: É verdade, a preocupação da bicharada faz sentido, uma floresta não pode ter três reis, precisamos saber qual de nós será o escolhido. Mas como descobrir? Essa era a grande questão: lutar entre si eles não queriam, pois eram muito amigos.

O impasse estava formado. De novo, todos os animais se reuniram para discutir uma solução para o caso. Depois de usarem técnicas de reuniões do tipo brainstorming, etc. eles tiveram uma idéia excelente. O macaco se encontrou com os três felinos e contou o que eles decidiram:

- Bem, senhores leões, encontramos uma solução desafiadora para o problema. A solução está na montanha difícil. Montanha difícil? Como assim?

- É simples, ponderou o macaco. Decidimos que vocês três deverão escalar a montanha difícil. O que atingir o pico no menor tempo será consagrado o rei dos reis.


A montanha difícil era a mais alta entre todas naquela imensa floresta. O desafio foi aceito. No dia combinado, milhares de animais cercaram a montanha para assistir a grande escalada.

O primeiro tentou. Não conseguiu. Foi derrotado.

O segundo tentou. Não conseguiu . Foi derrotado.

O terceiro tentou. Não conseguiu. Foi derrotado.

Os animais estavam curiosos e impacientes, afinal, qual deles seria o rei, uma vez que os três foram derrotados?

Foi nesse momento que uma águia sábia, idosa na idade e grande em sabedoria, pediu a palavra:

- eu sei quem deve ser o rei! Todos os animais fizeram um silêncio de grande expectativa! A senhora sabe, mas como?

- Todos gritaram para a águia.

- É simples, confessou a sábia águia. Eu estava voando entre eles, bem de perto e, quando eles voltaram fracassados para o vale, eu escutei o que cada um deles disse para a montanha.

- O primeiro leão disse: montanha, você me venceu.

- O segundo leão disse: montanha, você me venceu.

- O terceiro leão disse: montanha, você me venceu, por enquanto, mas você montanha, já atingiu seu tamanho final, e eu ainda estou crescendo.

- A diferença, completou a águia, é que o terceiro leão teve uma atitude de vencedor diante da derrota e quem pensa assim é maior que seu problema: é rei de si mesmo, está preparado para ser rei dos outros.


Os animais da floresta aplaudiram entusiasticamente ao terceiro leão, que foi coroado rei entre os reis.


Moral da história:

A partir de agora, cada um irá seguir o seu caminho.

Não importa o tamanho de seus problemas ou dificuldades que você tenha. Seus problemas, pelo menos na maioria das vezes, já atingiram seu nível máximo, mas você não. Você ainda está crescendo. Você é maior que todos os seus problemas juntos. Você ainda não chegou ao limite de seu potencial e performance. A montanha das dificuldades tem tamanho fixo, limitado. E, lembrem daquele ditado: “Não diga a Deus que você tem um grande problema, mas diga que você tem um grande Deus.” Muito obrigado.

Prof. Gilberto Takashi Suzuki, proferido no dia 24 de janeiro de 2004.


Veja também:
Discurso Curso de Ciências Contábeis – Proferido pelo orador Cássio Marques da Silva
Discurso de Zootecnia 2
Discurso de Pedagogia
Discurso de Enfermagem Obstetrícia
Discurso de Formatura (Longo)
Discurso de Formatura (proferido por formando)
Discurso de Engenharia Química.
Discurso de Administração 3
Discurso de Zootecnia
Discurso de Administração 2
Discurso de Administração
Discurso de Medicina 2
Discurso de Enfermagem
Discurso de Medicina
Discurso de Direito
Discurso de Tecnologia da Informação
Prof. Gilberto Takashi Suzuki
Discurso do Orador Secretário João Alfredo dos Anjos
Discurso Paraninfas Professoras Mariza Veloso e Maria Angélica Madeira
Discurso da Oradora, Secretária Andréa Watson
Discurso do Paraninfo Conselheiro Gerson Pires
Discurso do Senhor Embaixador Luiz Felipe Lampreia
Discurso de Fernando Henrique



 
Pagina ptrotegida contra cópia por Copyscape